2 SAMUEL 8

    Davi lançou um ataque contra os filisteus, regou bala de aço pra cima dos alemão, e acabou com o poder deles naquela região da cidade.

    Ele também acabou com a farra dos moabitas. Chegou lá, botou todo mundo deitado no chão, executou mais da metade, e quem sobrou foi forçado a se converter pra facção e passar a pagar porcentagem pela venda do bagulho nas suas bocas.

    Então Davi partiu pra cima do Hadadezer, gerente da boca do Zoba, quando ele tentou tomar de volta as bocas que ficam na marginal do Eufrates. Davi matou pra caralho, papo de milhão, só nesse ataque. Os alemão do Damasco foram tentar ajudar o Hadadezer e Davi mandou eles todos pra vala também. Depois cercou o morro deles, dominou a porra toda, forçou todo mundo a se converter pra facção e passou a cobrar imposto pela venda do bagulho nas suas bocas. O PATRÃO fez com que Davi tomasse todos os morros onde ia. Davi meteu dos soldados da contenção do Hadadezer vários fuzis banhados de ouro, e também meteu várias paradas dos bandidos de Betá e Berotai, que também eram dominadas pelo Hadadezer.

    O gerente Toí, da favela do Hamate, soube que Davi tinha tomado todas as bocas do Hadadezer. Então mandou seu filho Jorão pra cumprimentar Davi por ter acabado com o vacilão do do Hadadezer. Toí já tinha batido de frente com o Hadadezer várias vezes. Jorão levou pra Davi vários artigos importados, vários ouro, várias prata. Davi separou tudo e usou tudo pra dar de presente pro PATRÃO, junto com tudo que ele meteu depois de tomar as bocas todas, isto é, as bocas dos edomitas, as bocas dos moabitas, as bocas dos amonitas, as bocas dos amalaquitas e as bocas dos péla-sacos dos filisteus. E fez o mesmo com o que havia tomado do Hadadezer.

    Davi ficou ainda mais picudo depois de matar mais de 18 mil edomitas na Chapada do Sal. Ele mandou seu bonde pra cima dos vacilão e dominou aquele morro também. O PATRÃO fez com que Davi tomasse todos os morros onde ia.

    Davi virou gerente da porra toda e fez com que o movimento todo fluisse suave. Joabe puxava o bonde. Josafá ajudava Davi nas suas paradas. Zadoque e Aimeleque cuidavam da contabilidade da firma. Seraías fazia os contatos. Benaías cuidava da contenção. E os filhos de Davi eram os pica das galáxias na cidade toda.

JÓ 2

Chegou de novo o dia de todos os teleguiados e os soldados se apresentarem diante do PATRÃO, e o PM também veio no meio deles. O PATRÃO perguntou:

“Tá vindo de onde, chefia?”

E o PM respondeu:

“Tava dando uma volta no morro, subindo e descendo ae…”

Aí o PATRÃO falou:

“Se ligou no Jó? No morro todo não tem ninguém tão fiel quanto ele. Ele me respeita e só faz o certo. Mas aí tu me convenceu e eu deixei tu foder o Jó de verde e amarelo sem motivo nenhum. E ainda assim ele continua fechando com o certo e mandando o papo reto.

E o PM respondeu:

“É só dar uma machucada nele pra ver o que acontece. As pessoas não se importam de perder tudo, só se importam em não entrar no saco preto. Agora, se tu deixar eu dar uma machucada boa nele, tu vai ver como ele vai começar a falar mal de tu.”

E o PATRÃO falou pro PM:

“Demorô. Pode fazer o que quiser com o Jó. Só nao manda ele pra vala.”

Aí o PM saiu da presença do PATRÃO, jogou Jó numa viatura e desceu o cacete no maluco até ele ficar todo fodido, aí vazou. Jó sentou no meio fio, na merda. A mulher dele chegou e falou:

“E tu ainda continua fechando com essa porra? Manda logo esse teu Patrão ir tomar no cu, porra!”

E Jó respondeu:

“Tu encheu o cu de maconha e tá falando merda. Se o PATRÃO dá pra nóis as paradas maneiras, porque não vamos aceitar também as paradas caídas?”

Assim, mesmo todo fudido, Jó continou fechando com o certo.

JÓ 1

Em Uz tinha um sujeito chamado Jó. Jó era mó pureza, fechava com o certo e respeitava o PATRÃO mais do que ninguém. O cara tinha 7 filhos e 3 filhas, uma rede de carrocinhas de podrão, várias linhas de vans e de kombis e era o gerente que controlava todo o movimento do tráfico na sua área. Jó era foda.

Os filhos do Jó promoviam vários bailes, e todos sempre iam aos bailes. Quando o baile terminava Jó sempre executava algum vacilão, e executava só porque achava que o cara tinha pensado em vacilar. Jó assim mantinha todo mundo andando na linha e o andamento do tráfico fluindo forte.

Então chegou o dia em que todos os teleguiados e olheiros foram se apresentar ao PATRÃO, e no meio deles veio também o PM. O PATRÃO viu o PM ali no meio e perguntou:

“Coé chefia, qual foi, tu tá vindo da onde?”

E o PM respondeu:

“Eu to vindo lá da tua área… tava fazendo a ronda lá”

E o PATRÃO falou:

“Tu se ligou no meu gerente Jó? O maluco é Bolado. Vocês tudo treme pra ele. Até o BOPE pensa duas vezes antes de entrar em Uz. Lá quem mete bronca é ele, neguinho. O cara não vacila não. Lá em Uz é só neurose, só psico bolado sem freio. Jó nunca dá mole”

E o PM respondeu:

“E porque isso, hein? Será que não é porque ele sabe que tu tá sempre protegendo ele? O cara é o pica das galáxias porque tu tá apadrinhando ele. Quero ver só, bota ele pra se fuder, vamos ver se ele não vacila rapidinho…”

E o PATRÃO respndeu:

“Demorô. Quero ver. Faz o seguinte, vai com as tuas dondocas lá, tu tá autorizado a ferrar feio com o Jó. Pode tirar tudo que ele tem. Só não pode matar ele. Vamos ver qual vai ser”

E aí o PM vazou da frente do PATRÃO.

Um dia, enquanto os filhos e filhas de Jó estavam no baile, veio correndo uns dos pivetes que trabalhavam pro Jó.

“Ae coé Jó eu tava lá com os outro dimenor na endolação quando de repente chegaram os verme e passaram geral, levaram a carga toda, só sobrou eu pra contar a história”

Enquanto o menor ainda estava falando outro pivete chegou correndo, desesperado.

“Coé meu chefe eu tava lá com os outro cobradores e os piloto das kombi quando de repente chegou uns PM bolado e saiu garrando geral, tá tudo apreendido, as vans, as kombis, os maluco foram tudo preso”

Enquanto o moleque ainda estava falando chegou mais um pivete, correndo:

“Ae Jó, fudeu, os polícia tão dando batida junto com o choque de ordem nas tuas barraquinha de podrão, tão fechando tudo e tão falando que não tem arrego dessa vez, fudeu pro nosso lado neguinho”

Enquanto ele ainda estava falando chegou ainda mais um pivete. O pivete veio correndo e falou:

“Jó! Fudeu! Teus filhos tava lá no baile, de repente brotou um monte de alemão e saiu passando geral, morreu todo mundo, derrubaram o palco, só eu consegui fugir”

Então Jó percebeu que havia se fodido de verde e amarelo. Desesperado, se levantou, rasgou as roupas, arrancou os cabelos, caiu de joelhos, encostou a cara no chão e gritou:

“Foda-se! PATRÃO, eu sou cria tua, tu que me deu tudo que eu tinha, agora tu tirou, foda-se, quem manda é você!”

Assim, mesmo depois de ter tomado um combo de merda da vida, Jó não vacilou, nem se voltou contra o PATRÃO.

ECLESIASTES 11

Conselhos práticos

Faça teu movimento em lugares maneiros e tu vai ganhar dinheiro. Faça seu movimento em vários lugares, porque você nunca sabe onde pode dar merda.

Um vacilão pode brotar em qualquer lugar, mas onde ele cai, ele fica.

Quem fica esperando o clima ficar suave pra começar a atividade não bota pra frente os negócios da firma.

O PATRÃO é quem domina a parada toda. E não adianta tentar entender a onda do PATRÃO.

A parada é viver na moral durante todos os anos da sua vida. Mas fica ligado que ainda que você viva pra caralho no final tu vai acabar na vala. Porque essa vida é um KO. É tudo KO.

Novinhos e novinhas, aproveitem a juventude, percam a linha, mas lembrem-se que o PATRÃO tá de olho e vai cobrar tudo depois.

ECLESIASTES 6

Também tenho visto outra coisa muito escrota acontecendo aqui: O Patrão dá pra alguns bandidos tudo o que eles querem, jóia pra portar, mulé, dinheiro. Mas o crime não deixa eles aproveitarem nada disso. E aí depois é algum outro maluco que aproveita as jóias, as mulé, o dinheiro. Isso também é mó KO. Isso não tá certo não. Quê que adianta o bandido ser o pica das galáxias se depois nem direito a um enterro decente o cara tem?

Todo mundo rala pra caralho pra poder sobreviver e ninguém nunca tá satisfeito. Que vantagem que o malandro tem sobre o otário? Qual a vantagem de entrar pro movimento? Qual é a vantagem de não entrar, continuar pobre e saber passar perrengue? Isso tudo também é mó KO. É melhor se contentar com o que tu tem do que ficar querendo mais.

Tudo que rola aqui já foi decidido faz muito tempo. O bagulho tá dado desde antes da gente nascer. E não adianta querer brigar, porque não adianta querer bater de frente com quem é mais foda do que você. Mas uma coisa é certa: quanto mais a gente abre a boca, mais merda a gente fala. E ninguém ganha porra nenhuma com isso.

ECLESIASTES 1

“A vida é um KO”. Foi isso que falou o filho boladão de Davi, atual gerente da boca de Jerusalem.

“É KO, é tudo KO”, disse o maluco, bolado. “É tudo KO. A gente passa a vida toda na atividade e ganha o quê com isso? Bandido nasce, bandido morre e o morro continua o mesmo. A polícia continua tomando arrego e enchendo o saco, os vacilão continuam vacilando, a gente vendemo todo o pó, mas os viciado continua cheirando mais, e aí chega mais pó pra nóis vender pros viciado. Tudo isso me deixa bolado – bolado de um jeito que nem dá pra falar. Tudo que eu já vi acontecendo antes vai acontecer de novo. O que nego fez antes nego vai fazer de novo. Nunca tem nada de novo nessa porra. Será que não tem nada que a gente possa falar “puta que pariu, nunca vi isso antes”? Não! É sempre essa mesma merda desde antes de nóis nascer.”

Eu, foda pra caralho, sou gerente da boca em Jerusalem. Resolvi ficar observando todas as atividades da firma. Eu já vi tudo que tem pra fazer no crime e digo: é tudo KO! Eu pensei assim: “porra, eu sou foda, muito mais foda do que qualquer outro que já foi gerente aqui nessa boca. Eu to ligado no proceder. O que eu descobri foi que quanto mais foda você é mais os outros te enchem o saco, e quanto mais tu tá ligado nas paradas mais bolado você fica”.

1 SAMUEL 17

Os alemão da facção FL, também conhecidos como os Filisteus, se juntaram no Socó, na Ladeira do Judá, pra lançar um ataque contra o bonde do PATRÃO. O lugar onde eles acamparam era chamado de “Divisa Sangrenta”, porque ali sempre dava merda, e ficava entre o Socó e a Favela da Azeca. Saul e o Bonde do PATRÃO se reuniram e ficaram esperando no Morro do Carvalho pra fazer a contenção. O bonde dos alemão filisteus ficou numa ponta da favela, e o bonde do PATRÃO ficou na outra ponta da favela, geral bolado e com o dedo nervoso no gatilho pra passar geral.

Um péla-saco filisteu chamado Golias, do Morro do Gate, que tava liderando os Filisteus, falou que “esperar é o caralho” e foi sozinho desafiar o bonde do PATRÃO. O maluco era péla-saco FL vacilão, mas era bolado, tinha 3 metros de altura e usava um colete pesado pra caralho. O Fuzil dele tinha munição penetrante e mira telescópica, tipo arma de guerra, e o cara andava coberto de pistolas presas no corpo, além de um facão preso na cintura. Golias levou um pivete com ele pra ajudar a carregar a munição.

“Ô seus otário, cês tão ae cheio de marra em posição de ataque por quê? Eu sou filisteu, porra, FL pra caralho, vocês são só um bando de puta do Saul! Escolhe um bundão ae pra vir aqui cair na porrada comigo, se ele me vencer e me passar, o meu bonde todo vai passar a trabalhar pra vocês. Mas se eu passar ele, vocês é que vão trabalhar pra mim. Ou então tá geral fudido. To desafiando. Tem macho ae pra me encarar?”

Saul e o seu bonde eram bolados, mas o Golias era tenso demais. Quando viram o tamanho do bandido e as peças que ele tava portando, geral tremeu de medo. Sorte que o PATRÃO não viu isso.

Davi era filho do Jessé, do Morro do Efrata, que ficava perto da Favela de Belém e da Ladeira do Judá. Davi tinha uma porrada de irmãos. Davi foi com 3 irmãos dele pra contenção, mas só os 3 ficavam direto com o Saul; O Davi era moleque novo, ainda não tava no movimento, e só ficava lá na contenção de bobeira, sem se envolver, porque todo dia tinha que voltar pra casa e cuidar de umas paradas do pai dele.

Golias ficou desafiando o bonde do Saul durante mó tempão, e ninguém se arriscava a ir encarar o filisteu. Um dia Jessé falou pro Davi:

“Ae dimenor, leva essas parada aqui pros teus broder lá na contenção. Leva esses filé com fritas aqui também pro chefe do bonde que tá lá. Vê se teus irmão tá na moral e volta pra me contar”

Davi então chamou outro pivete pra cuidar das paradas do pai dele e partiu pro Morro do Carvalho encontrar Saul e o seu bonde. Ele chegou exatamente na hora que o bonde tava se preparando pra partir pro ataque contra os filisteus. O bonde dos FL começou a se entrincheirar de um lado, e o bonde do Saul começou a se entrincheirar do outro, geral bolado, sangue no olho. Davi deixou as paradas que seu pai havia enviado com um pivete que fazia avião pro Saul e foi correndo pra frente de batalha, ver se os seus irmãos tavam na moral. Enquanto Davi tava trocando idéia com seus irmãos, o Golias, cheiradão, chegou e desafiou o bonde do Saul de novo. Quando a galera do Saul viu o Golias chegando, geral peidou e saiu saindo. A galera do bonde do Saul falava:

“Olha o tamanho desse alemão ae! O cara é cheio de marra! Ele é mó matador! O PATRÃO falou que quem matar ele vai ganhar uma boca-de-fumo pra gerenciar, e nunca mais vai ter que pagar porra nenhuma aqui dentro da favela!”

Davi foi até um dos soldados da contenção e perguntou:

“É verdade esse papo mermo? O PATRÃO vai largar uma boca na mão de quem passar esse alemão ae? E quem é esse alemão FL péla-saco, que tá desafiando o bonde do PATRÃO?”

O soldado explicou pro Davi qual era a situação, e o olho do Davi brilhou. Um dos irmãos do Davi ouviu ele falando com o soldado, chegou até o Davi e deu o papo reto:

“PORRA Davi, tá maluco rapá? Tu não é bandido não! Para com essa porra e volta lá pra casa pra ajudar nosso pai com as paradas dele!”

Davi ficou bolado, mas o Saul ouviu o Davi conversando com o soldado e mandou chamar o Davi pra trocar uma idéa. Davi, marrento pra caralho, chegou no Saul e falou:

“Ô Rapá, ninguém tem que peidar pra esse alemão aê não! Eu mermo vou lá passar esse otário”

E o Saul respondeu:

“Que porra é essa agora, moleque? Comeu merda, foi? Tu é moleque ainda, e o Golias é traficante a vida toda. O maluco mata pra caralho. Tu não pode ir lá não, ele vai te rebocar na porrada e ainda vai te encher de chumbo”

E o Davi respondeu:

“Ae maluco, tu não me conhece, eu sou foda pra caralho, eu desço a porrada mermo, tá ligado? Lá no morro onde eu moro eu vou nos bailes de briga e não tem papo não, sou bolado, sou neurótico, mané, não sou moleque porra nenhuma, sou sujeito homem, cheiro, fumo, já matei e roubei”

Aí o Saul falou:

“Então foda-se. Vai lá e vamos ver no que dá”

Saul então deu seu próprio colete e o seu próprio fuzil pro Davi, que vestiu o colete, pegou o bico e partiu pro ataque. Mas o Davi ainda era moleque, o colete era pesado e o fuzil era maior do que ele; Davi era cheio de marra e cheio de papo, mas nunca tinha pego numa peça antes. Aí o Davi, doidão, falou:

“Foda-se esse ferro ae, ta ligado, eu vou matar esse tal de Golias ae na porrada mermo”.

Aí tirou o colete, largou o fuzil, catou umas pedras no chão e partiu pra encarar o Golias.

Golias, o filisteu vacilão, viu o Davi chegando e foi andando na direção dele. Golias olhou na cara do Davi e começou a zoar ele.

“Coé playboy, tu tá pensando que é quem? Tu quer me encarar de mão vazia? Cai dentro, filho da puta, vou te passar e jogar teus restos pros urubu comer”.

E o Davi respondeu:

“Ae Golias, seu otário, tu vem pra cima de mim com fuzil, pistola, mas eu não preciso de nada disso não, eu sou do Bonde do PATRÃO, tá ligado? Eu vou te matar na porrada mermo, vou cortar tua cabeça, e depois os urbus vão comer é você e to teu bonde todo”

Golias ficou bolado com a marra do Davi e foi andando na direção dele, puto da vida, pra acabar com aquele moleque abusado. Davi, que era pequeno, mas era sinistro de verdade, pegou uma pedra e atirou na cabeça do Golias. Golias caiu duro no chão. Davi não perdeu tempo, tirou o facão que o Golias carregava na cintura, enfiou no peito do FL vacilão e depois ainda cortou a cabeça dele.

Quando os outros filisteus viram que o Golias tinha morrido, geral saiu correndo, se cagando de medo. Foi aí que o bonde do Saul saiu correndo atrás dos filisteus, gritando “Não vai subir não, seus filho da puta! Foge, foge mermo! Nós vamo atrás, nós vamo matá geral!” E os filisteus foram descendo a ladeira, tomando tiro pelas pernas e pelas costas, e caindo pelo caminho. Os malucos do bonde do Saul passaram geral e ainda meteram as armas deles. Davi meteu as armas do Golias e foi levando a cabeça dele de volta pro Morro de Jerusalém. As armas do Golias ele guardou pra ele, e escondeu no seu próprio barraco.

Quando Saul viu o Davi indo encarar o Golias, Saul ficou impressionado com o moleque e perguntou pro Abner, um dos bandidos que ajudavam ele a comandar o bonde:

“Abner, quem é aquele moleque ali? Aquele moleque é bolado, tem que largar um ferro na mão dele!”

E o Abner falou:

“Sei quem é não, chefe. Mas o moleque é neurótico mermo”.

“Então vai lá e descobre, porra”, respondeu o Saul.